Apresentação

O Programa de Pós-Graduação (Mestrado Acadêmico e Doutorado) em Ciência da Computação da Universidade Federal do Ceará promove a excelência, inovação e criatividade na busca de soluções para os problemas na área de Informática. Sua missão é a formação de recursos humanos altamente qualificados e o desenvolvimento científico e tecnológico da área. O Mestrado em Ciência da Computação do Departamento de Computação da UFC teve o início de suas atividades no ano de 1995. Em 1997, o curso recebeu a aprovação da CAPES, e em 2001, o Curso de Mestrado foi consolidado com a nota 4. Em 2004, o Curso de Doutorado em Ciência da Computação foi credenciado junto a CAPES, mantendo a nota 4, e iniciou suas atividades no ano de 2005. Em 2013, o MDCC teve reconhecida sua excelência acadêmica a nível nacional e internacional, atingindo o conceito 5 na avaliação trienal da CAPES.

MDCC, uma história de conquistas…

Em 1995, ano em que o programa de Mestrado iniciou sua primeira turma, o mesmo agregava pesquisadores de diversas instituições públicas do Estado do Ceará. Essa filosofia inclusiva tinha como objetivo o desenvolvimento científico e tecnológico na área de Computação do Estado do Ceará como um todo, e não restrita a apenas uma instituição. Nossa Pós-Graduação serviu como um polo de difusão de conhecimento científico, e também como um polo de formação, atração e agregação de novos doutores para o Ceará.

O programa sempre teve a busca pela qualidade em consonância com os padrões internacionais como um de seus pilares. Suas áreas de concentração foram cuidadosamente escolhidas de modo a explorar, congregar e unir o potencial científico e inovador de seus pesquisadores, ao mesmo tempo em que abrangem as áreas de atuação mais relevantes da Ciência da Computação. Também atentou-se para a sinergia entre pesquisa básica e conhecimento teórico com o aprimoramento técnico e o desenvolvimento de aplicações, de forma a proporcionar uma formação integral do aluno, como exige uma área de conhecimento que se caracteriza pela junção entre ciência e engenharia.

Em continuidade à sua missão, o MDCC deu um importante passo com a criação de seu programa de Doutorado, que representou um divisor de águas para a Computação no Ceará, a partir de 2005.

Prova do sucesso de sua estratégia inicial de promoção da Ciência da Computação no Estado do Ceará, os programas de Pós-Graduação instalados na UNIFOR, UECE e no IFCE integram em seu corpo docente ex-alunos egressos de nosso Mestrado e Doutorado. Além disso, vários egressos do MDCC atuam em renomadas instituições públicas e privadas do país.

No Estado do Ceará, essa presença é bastante forte, particularmente com docentes do curso de Engenharia da Computação, criado no campus da UFC em Sobral; dos cursos de Sistema de Informação, de Redes de Computadores, de Ciência da Computação e de Engenharia de Software no campus da UFC em Quixadá e dos cursos do Instituto UFC Virtual.

Além da formação de recursos humanos qualificados, a atuação do grupo de pesquisadores do MDCC, com significativa participação de seus alunos, tem se caracterizado pela alta produtividade científica, traduzida em termos de publicações nacionais e internacionais, e por uma forte captação de projetos institucionais, seja com o setor empresarial, com órgãos de fomento do governo, ou com a sociedade em geral. Cumprimos assim, nosso objetivo de unir excelência científica com relevância social.

Em 2013, o MDCC atingiu o conceito 5 na avaliação trienal da CAPES referente ao período dos anos 2010-2011-2012. Esse resultado da avaliação da CAPES reflete o reconhecimento da comunidade científica nacional da excelência do programa e vem coroar o trabalho árduo do grupo de professores que compõem o colegiado do MDCC, bem como dos alunos, de pesquisadores colaboradores e da equipe administrativa.

O MDCC buscará, a partir do marco que representa a nota 5, fortalecer suas competências e solidificar sua maturidade, estabelecendo um planejamento estratégico que o leve a atingir novos e mais desafiadores objetivos, como a excelência internacional e liderança de grandes projetos nacionais, em um período de tempo que se pretende curto, com competência, de forma séria e a passos firmes. Sobretudo, manteremos o respeito a nossos princípios e valores originários que nos conduziram até aqui. Valores que incluem o crescimento solidário e o respeito entre os seus membros — professores, alunos e funcionários — sempre almejando o bem maior da ciência e da tecnologia do Ceará e do Brasil.

 

MDCC - Linhas de Pesquisa:

• Computação de Alto Desempenho

• Computação Gráfica

• Banco de Dados

• Engenharia de Software

• Redes de Computadores

• Algoritmos e Otimização

• Lógica e Inteligência Artificial

 

MDCC - Grupos de Pesquisa:

 

MDCC em números (até dezembro de 2019):

326 Dissertações de Mestrado defendidas.

71 Teses de Doutorado defendidas.

 

Equipe Coordenação:

•  Prof. Dr. João Paulo Pordeus Gomes (Coordenador)

• Prof. Dr. Joaquim Bento Cavalcante Neto (Vice-Coordenador)

Secretaria:

• Gláucia Helena da Silveira Mota

• Jonatas de Pessoa Albuquerque Martins